Segundo o site Bloomberg, a Microsoft teria sugerido que Call of Duty entrasse no catálogo da Playstation Plus.

A gigante da tecnologia ofereceu um acordo para manter os jogos da franquia no console da Sony durante 10 anos, porém esse mesmo acordo foi feito com a Nintendo e Valve (dona da Steam).

De todas as grandes empresas da indústria de jogos eletrônicos, a Sony é a única abertamente contra a fusão da Activision Blizzard e Microsoft no valor de $69 bilhões. 

A fabricante de consoles japonesa chegou a declarar que ainda que Call of Duty não fique disponível só nos consoles Xbox, conteúdos exclusivos e regalias oferecidas no Game Pass podem influenciar na compra do console. 

Nos últimos anos, foram os consoles da Sony que receberam conteúdo exclusivo da franquia Call of Duty. Em Modern Warfare 2 os donos de PlayStation tiveram acesso antecipado ao beta em 16 de setembro.

Em entrevista ao podcast Second Request, Phil Spencer disse que a Sony está tentando proteger seu domínio no mercado de consoles. Caso a aquisição seja concluída, a Microsoft passará a ser a terceira empresa que mais lucra com jogos, ficando atrás da Sony e Tencent.

Fonte: Bloomberg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s