Por Ronald Junior

A Microsoft foi ao mercado e deu mais um show de poder aquisitivo. A vítima da vez não foi um pequeno estúdio em ascensão, ou bem-conceituado, mas dependente de contratos. A gigante da tecnologia comprou nada mais nada menos que renomada Activison Blizzard pelo valor de U$68,7 bilhões. Essa é aquisição mais cara da história do mercado dos games e da Microsft.

Já deu para perceber que o lado verde, chefiado pelo queridíssimo Phil Spencer, não está para brincadeira no mercado. No final de 2020, ele adquiriram a Bethesda de: Doom, The Elder Scrolls e Fallout, por U$8,7 bilhões.

Promoção de editores da Activision Blizzard

Com essa grande bomba no mercado dos games, se levantaram algumas perguntas como: quando os jogos da Activision vão entrar no Game Pass, será que os jogos da empresa ainda chegaram nas plataformas concorrentes, se Bobby Kotick permanecera na Activision e sobre um possível monopólio da Microsoft.

Game Pass recheado

Com essa compra, a Microsoft passa a ser dona de Ips como Call of Duty, Crash, Warcraft, Diablo e Overwatch. Já foi dito pelo próprio Phil Spence que eles planejam levar o máximo de jogos da Activison para o catálogo do Game Pass.

Essa notícia soa como uma música para os assinantes do serviço, principalmente para o publico mais humilde que tem apenas o celular ou um computador fraco para jogar. Imagine rodar Overwatch ou Warzone sem seu PC fritar graças ao Xcloud?

El estado de California interviene para que Activision-Blizzard no destruya  las pruebas de los casos de acoso

Na teoria é tudo bonito, mas isso deve efetivamente acontecer com a conclusão da aquisição, que deve acontecer em meados de 2023. A possibilidade da migração dos jogos da Activision acontecerem durante o processo da compra são reais, assim como aconteceu com a Bethesda, mas vamos esperar para ver.

Um ambiente mais confiante para desenvolver

Já que o foco atual da Microsoft é no Game Pass, isso pode dar liberdade para os estúdios adquiridos assumirem projetos mais diferentes. A muito tempo não vemos uma Activision trazendo jogos mais diferentes. Nos últimos anos, a empresa só focava em Call of Duty e trazia alguns agregados.

No lado Blizzard, é esperado que essa aquisição de mais confiança para equipe concluir seus projetos. É bom lembrar que Overwatch 2 e Diablo 4 estão sofrendo com vários problemas de desenvolvimento por conta da crise interna que a Activision vive.

A crise

A compra dessa gigante da indústria ocorreu no momento perfeito, justamente quando Activision estava com a sua imagem podre aos olhos dos jogadores, mídia e de outras grandes empresas do mercado dos games. Phil Spencer inclusive foi a publico manifestar sua insatisfação com o ocorrido dentro da Activision e principalmente pela forma como a situação foi tratada pela liderança da empresa.

Para quem não está sabendo, o estado da Califórnia processou a Activision Blizzard por assédio sexual e discriminação contra mulheres. As alegações foram pesadas, como o suicídio de uma funcionaria que ocorreu logo após colegas de trabalho compartilharem fotos dela nua.

Para quem quiser saber mais sobre essa polemica que manchou a imagem dessa empresa tão tradicional no mercado dos jogos, vou deixar o link da matéria do site VGC, nele você encontrara mais detalhes sobre o ocorrido.

Nach Klage: Blizzard und Activision schweigen | Games

O pior de tudo é que, segunda uma matéria do The Wall Street Journal, Bobby Kotick, CEO da Activision Blizzard, estava ciente do ocorrido, e pior, ele chegou a evitar a demissão de Dan Buting, ex-chefe da Treyarch e acusado de assédio sexual em 2017.

Com a aquisição da empresa, é esperado que Kotick seja mandado embora, mas parece que ele permanecera no cargo até a conclusão da venda, que deve ocorrer até 2023.

Monopólio

De todos os assuntos relacionados a essa grande compra, o que está sendo mais falado é a possibilidade de um monopólio da Microsoft no mercado de games. É bom destacar que com essa aquisição, a Microsft passa a ser a terceira empresa com maior arrecadação com jogos eletrônicos, ficando atrás da Tencent e Sony.

Pode parecer cedo para se começar a falar sobre um possível monopólio, mas verdade seja dita. Essa foi disparada a maior aquisição da história da indústria dos games. Das cinco maiores aquisições da história do mercado de jogos eletrônicos, duas são da Microsoft. O que deixa mais claro o poder de compra da gigante da tecnologia é o fato dessas duas compras bilionárias terem sido feitas em um intervalo de menos de dois anos.

Zoação ao PlayStation e mais memes da compra da Activision Blizzard |  esports | ge

Para vocês terem uma noção da magnitude da compra da Activision Blizzard pela Microsoft no valor de U$68,7 bilhões. A compra da Fox pela Disney foi no valor de U$71 bilhões. Se somamos o valor gasto com a Activision e com a compra da ZeniaMax Media (U$8,7 bilhões), daria U$77,4 bilhões. Imaginem só o que uma empresa com um poder aquisitivo desse pode fazer daqui a alguns anos?

Essa não seria a primeira vez que a Microsoft sofria um processo por tentativa de monopólio. 1998 ela foi acusada de competir injustamente com seu navegador, Internet Explore.

Alguns jogos da Activision vão ser lançados para os consoles Playstation?

As declarações da Microsoft deixam em aberto a possibilidade lançar alguns jogos da Activison nos consoles Playstation, mas é sempre bom lembrar que ocorreu a mesma coisa no processo de compra da ZeniaMax, e no final das contas, os jogos da Bethesda serão exclusivos do ecossistema Xbox.

O que você achou da compra da Activision Blizzard pela Microsft? Deixe sua opinião nos comentários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s